Blog

Novas tecnologias na educação superior

Como as novas tecnologias na educação facilitam os estudos

As novas tecnologias na educação têm se consolidado como uma das melhores estratégias para se fomentar o dinamismo em sala de aula e deixá-la atraente e atual para os alunos das novas gerações.

A realidade é que a tecnologia se tornou parte indissociável da vida da maioria da população e tratá-la como inimiga só resulta no engessamento pedagógico e na falta de engajamento com os estudantes. Por isso, integrar os novos métodos de ensino e aprendizado à realidade digitalizada não é mais uma questão de escola, mas sim uma necessidade.

A tecnologia pode ser uma grande ferramenta pedagógica e trazer diversos benefícios que contribuem para o desempenho de alunos e professores.

4 motivos para implantar as novas tecnologias na educação

A seguir, veja quais são as principais vantagens das novas tecnologias na educação.

1 – Fomenta a interatividade e a busca por novos conhecimentos

Até pouco tempo atrás, os professores e os livros eram as únicas ou as principais fontes de informação para os alunos e a tecnologia não fazia parte do cotidiano das pessoas. Atualmente, o potencial pedagógico está diretamente ligado à facilidade em adquirir informações, que podem ser transformados em conhecimento com a ajuda das novas tecnologias na educação.

Diversas ferramentas, como jogos eletrônicos, livros digitais e os fóruns de debate, contribuem para criação de formas de aprendizado capazes de atender as necessidades e os hábitos de conectar-se à internet o tempo todo, otimizando consideravelmente o modo de ensino tradicional.

2 – Facilita a discussão dos temas ensinados em aula

Integrar o uso de smartphone e outros dispositivos eletrônicos com acesso à internet durante o ensino é uma ótima maneira de facilitar a discussão do que foi dito em sala de aula.

A criação de fóruns para debate pode estimular a troca de informações entre alunos e professores, além de criar um espaço no qual as dúvidas são sanadas rapidamente. Tudo isso contribui para um ensino mais dinâmico e interativo.

3 – Estimula o autodidatismo

Um dos maiores méritos da tecnologia educacional é a oferta de uma enorme gama de opções de abordagens de ensino, possibilitando uma maior aproximação entre professor e aluno e uma melhor absorção dos conteúdos.

Com um bom planejamento, é possível estimular que os alunos utilizem a tecnologia para aprofundar os conhecimentos aos quais foram introduzidos em sala de aula. Isso pode ser feito, por exemplo, introduzindo-se um debate em sala de aula e orientando os alunos a pesquisar e aprender mais sobre o tema em casa para que, numa próxima aula, todos possam discutir o assunto em questão.

Desse modo, os alunos se tornam mais independentes e passam a se portar como agentes ativos em seus próprios processos de aprendizado e aquisição de conhecimento fazendo uso das novas tecnologias na educação.

4 – Proporciona maior flexibilidade didática ao professor

Com a ajuda da tecnologia, o professor pode contar com diversas soluções que contribuem para a qualidade das aulas, como é o caso dos conteúdos audiovisuais (como documentários e filmes) e de acervo digitais de livros.

A plataforma Pasta do Professor, por exemplo, permite a compilação de diversos capítulos de obras acadêmicas de acordo com os critérios do docente. Com isso, torna-se possível atender necessidades bibliográficas específicas por meio da seleção e inserção dos conteúdos mais relevantes para os alunos em uma ou mais pastas, com o intuito de nortear e consolidar o aprendizado introduzido em sala de aula.

Viu como as novas tecnologias na educação superior facilitam o ensino? Se quiser saber mais sobre a Pasta Professor, entre em contato com a nossa equipe!